Azedou – EX-ADMINISTRADORA DA SANTA CASA E EMPRESÁRIO SÃO CONDENADOS A ATÉ 23 ANOS DE PRISÃO

A ex-administradora atuou na Santa Casa entre 2004 e 2010, período em que os crimes foram registrados (FOTO: Divulgação)

23 anos, 1 mês e 28 dias de reclusão foi a pena aplicada à ex-administradora da Santa Casa de Jaú, Jovani Maria Gil de Andrade e Silva, condenada por contratações irregulares de palestras, compra de placas comemorativas e recebimento retroativo de aumento salarial. O empresário Rosevelt Andolphato Tiago também foi condenado, mas a pena é menor: 11 anos, 6 meses e 10 dias. Ambos ainda terão de ressarcir os cofres da Santa Casa em pouco mais de R$ 125 mil

RECURSO – Os crimes foram praticados entre 2004 e 2010 e denunciados à Justiça Federal pelo Procurador da República Marcos Salati. A condenação é de 30/5 e ainda pendente de recurso às instâncias superiores. Apesar de o Tribunal Regional Federal (TRF) sentenciar os dois réus ao regime fechado, inicialmente, permite que recorram em liberdade.

HORAH – Você sabe das coisas