CONSELHO TUTELAR DENUNCIA NOTÍCIAS MENTIROSAS E LEVA O CASO À POLÍCIA

Que (FOTO: Reprodução)

Postagens de ‘notícias mentirosas’ sobre a atuação do Conselho Tutelar de Jaú no episódio que resultou em briga familiar e uma mulher ferida na semana passada, “já estão nas mãos da polícia”. A informação é de representantes do conselho, que nesta 2ª feira (20) emitiram Nota Pública contra as ‘Fake News’ e esclareceram mais uma vez o que aconteceu.

“A polícia foi comunicada para adoção das providências necessárias com relação aos fatos que culminaram na destruição do mobiliário e agressões dentro da sede do Conselho Tutelar”, destaca a Nota, em papel timbrado da instituição. Na 4ª feira (15), R.R.S., 42 anos, foi atingida por um caco de vidro arremessado pela própria filha, T.R.S., cujo objetivo era agredir a cunhada V.A.G.B., durante briga por ‘abandono de incapazes’. Na confusão, portas de vidro, balcões e objetos do conselho foram danificados.

A nota ressalta ser “inverídica a afirmação de que houve irregularidade no procedimento” da entidade e que “tais informações não passam de ‘Fake News’ para denegrir a imagem do Conselho Tutelar e de seus membros”. Diz ainda que só os familiares diretamente envolvidos com a ocorrência de abandono de crianças sozinhas é que foram chamados à entidade, sendo que a briga aconteceu após “presença de pessoas que não foram notificadas para comparecer”. Em outras palavras, faltou segurança para controlar a situação e evitar o pior.

HORAH – Informação é tudo