O prefeito Daniel Alonso informa que “mesmo não tendo a obrigatoriedade constitucional” de atender à convocação da CPI da Carne, irá “comparecer espontaneamente” para prestar esclarecimentos. O depoimento do prefeito está marcado para esta 5ª feira (21), 14h30, na sala Nasib Cury, no edifício da Câmara.
A manifestação do prefeito foi feita em Nota Oficial à imprensa. Ele avisa que estará na CPI, “pois tem interesse direto na conclusão dos trabalhos”, para evitar o uso indevido “como palanque político por oportunistas que omitem a verdade dos fatos”. Este pode ter sido um recado ao ex-secretário da Educação Beto Cavallari, que depôs fazendo acusações à Administração, e a comentários de opositores políticos sobre o descarte de 7,2 toneladas de carne da merenda, no início do ano, o que levou à CPI.

HOJE – Nesta 4ª feira (20), depõem à CPI da Carne o secretário da Fazenda Levi Gomes e o ex-secretário da Administração, Faneco, atual titular dos Assuntos Estratégicos do governo.

(FOTO: Divulgação – A carne descartada por determinação da Vigilância Sanitária, chamada pelo prefeito Daniel para avaliar qualidade do produto)

No HORAH Notícia