Educação – BAURU SUSPENDE RETOMADA ESCOLAR DE MAIS DE 63 MIL ESTUDANTES

Escolas estaduais, municipais e particulares não podem aplicar novos conteúdos, mas estão permitidas a aplicar reforço

Bauru não promoverá a retomada escolar neste ano. As escolas estaduais, municipais e particulares não estão autorizadas a funcionar. A informação foi confirmada pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSDB) e a medida será publicada no Diário Oficial do Município (DOM).

Gazzetta revelou que a suspensão foi decidida de forma coletiva, em conjunto com outros prefeitos do Pacto Regional – a organização envolve 42 cidades e a mesma ação será adotada em cada município.

As redes estadual e municipal possuem cerca de 63 mil alunos matriculados nos ensinos Fundamental e Médio.

Apesar de impedir a retomada, o decreto em Bauru não impossibilitará que as escolares apliquem reforço escolar. A restrição é apenas para novos conteúdos. As unidades de Educação da cidade já estão fazendo reforço escolar desde 21 de setembro.

O Plano São Paulo, do Governo Estadual, previa uma retomada após 28 dias na fase amarela. Em Bauru estava previsto o retorno para o dia 3 de novembro, porém o prefeito Clodoaldo Gazzetta sofreu uma pressão pela suspensão – tanto do Comitê Municipal de Enfrentamento como em outros setores da Educação para que a retomada não acontecesse.

A suspensão foi definida, segundo Gazzetta, como forma de evitar maior propagação da Covid-19 e também por falta condições sanitárias para o retorno das aulas no modelo convencional.

HORAH – Você sabe das coisas