Para aumentar a cobertura vacinal contra o vírus Influenza, da gripe, a Secretaria da Saúde resolveu fazer uma ‘busca ativa’ com base no cadastro das famílias de cada região de Marília. A campanha foi prorrogada até dia 15 e ainda falta imunizar, por exemplo, metade das crianças maiores de 6 meses e menores de 5 anos de idade. Pais e responsáveis estão sendo orientados a levar as crianças a qualquer uma das 12 UBSs ou das 37 equipes do programa Estratégia Saúde da Família (ESF).
“Considerando todos os grupos prioritários (crianças, gestantes, puérperas, idosos, funcionários da Saúde e Educação etc), a cobertura (vacinal) está em 70,70%” na cidade, segundo boletim divulgado para a imprensa com levantamento atualizado até esta 5ª feira (7). A preocupação maior é com as crianças, por causa da baixa procura. “Quando a criança não é vacinada, ela fica sensivelmente mais propensa a agravos respiratórios”, explica Alessandra Mosquini, supervisora da Vigilância Epidemiológica.

BALANÇO – Até agora foram aplicadas 52,1 mil doses da vacina em Marília. A maior cobertura é entre idosos: 79% do público-alvo estimado em 29,9 mil pessoas já foram vacinados. A menor adesão está no grupo das crianças: só 48,9% foram imunizados desde que a campanha começou em 23/4, o que representa 5,8 mil doses da vacina para um total estimado de 11,8 mil. Apesar disso, os percentuais de Marília “estão acima da média nacional e entre as cidades com os programas de imunização mais eficientes do Estado”, diz o boletim à imprensa.

(FOTO: Divulgação/Secr. Saúde)

No HORAHtv