Secretário do Meio Ambiente e Limpeza Pública, Vanderlei Dolce agora também responde pela presidência da Fundação Mariliense de Recuperação Social, a Fumares. Os servidores Zileide Bernardo e João Albieri foram empossados como vice-presidente e diretor-executivo da entidade, respectivamente. O prefeito Daniel Alonso prometeu apoio para que a Fumares “alcance seus objetivos, que é a recuperação e reinserção das pessoas na sociedade”.
Atualmente, a Fumares abriga 32 internos, mas tem capacidade para 50. O público-alvo são pessoas em situação de rua e que perderam o vínculo com a família. Fundada em janeiro de 1976, a fundação completou 42 anos em atividade. Ao todo, conta com 10 funcionários, entre eles 5 cuidadores sociais contratados após concurso público realizado pela atual administração no final de 2017. Reestruturação da entidade, limpeza e pintura já estão sendo feitos pela nova diretoria.

(FOTOS: Divulgação – Posse dos novos diretores promete reestruturar Fumares, que já retomou vocação agrícola – entidade fica próximo ao acesso para o distrito de Amadeu Amaral)

No HORAH Notícia