Será sepultado logo mais às 10h, no Cemitério da Saudade, em Marília, o corpo do jovem Dirceu Hilário Ortega Alonso, mais conhecido como Neto Alonso, 21 anos. Desaparecido desde a 3ª feira (8), o corpo do rapaz foi encontrado no fundo do vale existente na altura do Parque das Azaleias, Zona Sul, às margens da Via Expressa Sampaio Vidal.

  • Família chegou a divulgar apelos nas redes sociais para localizar o rapaz (FOTO: Redes Sociais/Reprodução)

Como estava em estado avançado de decomposição, o corpo foi encaminhado para o IML para perícia e exames necroscópicos e será sepultado sem velório. Há suspeita de que Neto Alonso tenha sido assassinado – um familiar, em contato com o HORAH, falou de uma possível facada, mas a Declaração de Óbito cita traumatismo crânio encefálico e agressão física como causas da morte. A polícia investiga o caso.

  • Resgate do corpo do fundo do vale, local de acesso muito difícil, exigiu esforço, perícia e apoio do helicóptero da PM (FOTO: HoraH)

RESGATE – O resgate do corpo do rapaz, filho do empresário Dirceu Alonso, irmão do prefeito Daniel Alonso, exigiu esforço e perícia das equipes do Corpo de Bombeiros, PM e até do helicóptero Águia para iça-lo do fundo do penhasco. A operação teve início no sábado à tarde, foi interrompida à noite e retomada na manhã do domingo (13), quando, então, pode ser concluída no meio da tarde. O local era de difícil acesso.

  • Neto morreu precocemente, aos 21 anos: família suspeita de assassinato (FOTO: Facebook/Reprodução)

HORAH – Você sabe das coisas