Duas estudantes universitárias de Jaú foram flagradas pela PM vendendo brigadeiro recheado com maconha, doce que os viciados e traficantes apelidaram de ‘brisadeiro’. Elas estavam no campus onde estudam, na Zona Sul da cidade. A moça que fez os doces foi presa em flagrante; a outra foi ouvida na Central de Polícia Judiciária (CPJ) e liberada.
As universitárias foram flagradas depois que dois estudantes que teriam consumido os ‘brisadeiros’ passaram mal e tiveram de receber cuidados médicos na Santa Casa de Jaú. O próprio hospital acionou a polícia após a equipe médica ser informada da presença de entorpecente nos doces. Na polícia, os ‘brisadeiros’ passaram pela perícia técnica que confirmou a existência de maconha no produto.

COMO É – Segundo declaração das estudantes que vendiam os doces, a droga é juntada a manteiga derretida e a mistura, coada, resulta em um caldo adicionado à massa do brigadeiro. Os efeitos no organismo ainda estão sendo estudados, mas não é raro as pessoas passarem mal após consumir o produto.

(FOTO: Ilustrativa/reprodução internet – ‘Brisadeiro’, popular entre os jovens, é o brigadeiro de maconha)

No HORAHtv