POLÍCIA INDICIA HOMEM QUE XINGOU PREFEITA QUE TEVE CÂNCER DE MAMA

Prefeita Ivana Camarinha tem proposta para desapropriar o prédio e integra-lo ao patrimônio do município (Foto: Reprodução)

ELE FOI ENQUADRADO POR INJÚRIA QUALIFICADA AO CHAMA-LA DE ‘MONOTETA’ NAS REDES SOCIAIS; “VULGAR E BAIXO“, REAGIU IVANA CAMARINHA

Homem cujo nome não foi divulgado está indiciado pela Polícia Civil de Pederneiras por xingar a prefeita da cidade de ‘monoteta’, referindo-se ao fato de ela ter tido câncer de mama. Ele foi localizado em Ribeirão Preto e ouvido pelo delegado Marcelo Gimenes, que decidiu enquadra-lo por injúria qualificada, difamação e calúnia. Tão logo tomou conhecimento dos fatos, em fevereiro, a prefeita Ivana Camarinha registrou boletim de ocorrência, disse que ficou abalada e classificou o ataque de “vulgar e baixo (…), uma agressão contra as mulheres, contra os doentes, contra as deficiências em geral”.

A prefeita de Pederneiras, região de Bauru, teve câncer de mama e precisou ser submetida a procedimento cirúrgico para retirada de parte de um dos seios para conter o avanço da doença. O homem fazia críticas às ações da prefeitura no combate à Covid-19, quando xingou a prefeita em tom discriminatório. A polícia passou a investigar o caso, identificou o homem e o endereço dele; ouvido, ele teria se arrependido do comentário, foi liberado e responderá pelo crime em liberdade. Assim que o inquérito for concluído, será relatado à Justiça de Pederneiras.

O ataque sofrido por Ivana nas redes sociais (acima), e nota de repúdio da prefeita (Fotos: Reprodução)

HORAH – Você sabe das coisas