Quarentena – COMÉRCIO CONTINUARÁ FECHADO; PREFEITO AGUARDA RESPOSTA DO ESTADO

Comércio em Bauru segue de portas fechadas por não ser atividade essencial (FOTO: JCNet/Reprodução)

Por não ser uma atividade essencial, o comércio não poderá voltar à normalidade enquanto durar a quarentena imposta pelo Governo do Estado. A informação é da Prefeitura de Bauru, que pretende flexibilizar as restrições e reabrir o comércio da cidade. “A Prefeitura lamenta a situação e se solidariza com as aflições dos comerciantes, tanto que adotou um conjunto de medidas importantes de suspensão de impostos para auxiliar os comerciantes bauruenses durante esse processo”, diz nota distribuída pela assessoria de imprensa.

O texto enfatiza que a Prefeitura sabe “dos infinitos efeitos e dificuldades para a economia, mas que o único caminho para preservar vidas neste momento é o isolamento social”. Ao município, cabe seguir as normas definidas pela União e o Estado. “Todas as cidades que tentaram afrontar as regras atuais foram obrigadas a voltar atrás”, observa. O prefeito Gazzetta já divulgou plano técnico com base em critérios estatísticos, científicos e epidemiológicos, o Pacto por Bauru, mandado ao Governo do Estado, para tentar reabrir gradualmente o comércio e retomar a economia, mas ainda não obteve resposta.

HORAH – Você sabe das coisas