* Nesse ‘climão’, grupo ainda vai recepcionar Dória no mesmo dia

“A Prefeitura de Marília descarta viés político-partidário do evento denominado ‘Frente Parlamentar de Duplicação da BR 153’, que vai acontecer no auditório do gabinete” na próxima 6ª feira (15), 10h. Dessa forma, a assessoria do prefeito Daniel Alonso rebateu postagens nas redes e mídias sociais, inclusive do vereador Zé Luiz Queiroz. “Prefeituras não são bens particulares. São mantidas com dinheiro público e não vejo com bons olhos eventos políticos partidários em seus recintos”, postou o vereador, tucano como o prefeito, em tom crítico ao evento.
A tal ‘Frente Parlamentar’ é liderada pelo deputado federal Capitão Augusto, de Ourinhos, e pela filha de Daniel, empresária Daniele Alonso, ambos do PR e pré-candidatos às eleições de 7 de outubro. “O encontro que reunirá prefeitos (15 já teriam confirmado presença) da região e entidades é um ato de interesse público”, diz a nota da assessoria da Prefeitura. E lembra que a duplicação da BR “é reivindicação antiga (…) para reduzir riscos aos usuários da rodovia que corta Marília”.

DÓRIA – As trombadas entre tucanos ocorrem há meses, especialmente do presidente da Câmara Wilson Damasceno e do vereador Zé Luiz com o prefeito Daniel. Na mesma 6ª feira, às 18h, eles organizam a visita à cidade do pré-candidato a governador do PSDB, João Dória. O encontro acontecerá no auditório da Unimar e os convites dividem grupos: um é assinado por tucanos que há muito não se bicam e outro por representantes do PSD, que apoia Dória. Aliás, nesse último grupo está o deputado federal Walter Ihoshi, que disputa o apoio de Daniel tanto quanto Capitão Augusto, que já conta com o apoio da filha do prefeito.

(IMAGEM: Reprodução / Convites visita Dória, do PSDB e do PSD, com a mesma mensagem, mas personagens diferentes)

No HORAH Notícia