SAI AUTORIZAÇÃO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE PARA MAIS 44 LEITOS DE UTI

JAÚ FICOU COM 28 DELES, SENDO QUE 18 COMEÇAM A FUNCIONAR SEMANA QUE VEM, PROMISSÃO COM 10 E GARÇA COM SEIS

Três cidades do centro-oeste estão na lista daqueles que tiveram autorização do Ministério da Saúde para o funcionamento de mais 44 leitos de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19. A documentação foi publicada na última 5.a feira (18) e significa a última etapa para liberação de recursos ao Estado, para custeio das novas unidades. Por mês, serão R$ 2,112 milhões — a autorização é considerada ‘excepcional’, ‘temporária’ e os repasses retroativos do dia 1.o deste mês.

A cidade com maior destinação de leitos e recursos para UTI Covid adulta é Jaú. Dos 44 leitos autorizados, 28 ficaram para a Santa Casa de Jaú, ao custo mensal de R$ 1,344 milhão. De acordo com a direção hospitalar, 10 desses leitos já estão operando — eles são custeados pelo Município e destinados exclusivamente a pacientes que moram na cidade. Os outros 18 leitos tiveram as obras concluídas na 6.a feira (19) e entram em funcionamento na próxima semana — eles vão servir pacientes jauenses e da região, também.

Os demais leitos de UTI autorizados pelo Ministério da Saúde ficaram para Promissão, região de Lins, com 10 unidades; e Garça, região de Marília, com seis. Nas autorizações, os recursos foram divididos assim: R$ 480 mil mensais para Promissão e R$ 288 mil para Garça. Em nota, o ministério justificou que “o objetivo é cuidar da saúde de todos e salvar vidas”, e que a solicitação dos leitos foi feita pelas secretarias estadual e municipal, mediante análise de diversos aspectos obrigatórios — entre eles, estrutura e corpo clínico para atuar em UTI.

HORAH – Você sabe das coisas