O ex-presidente Michel Temer e Coronel Lima vão deixar a prisão. Por unanimidade, a 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu a prisão preventiva decretada contra eles, que são réus em ação penal que investiga desvios de recursos na construção da usina nuclear de Angra 3, no Rio. A decisão é liminar, portanto, provisória.

Quatro ministros foram favoráveis a Temer e Cel. Lima, ex-assessor e amigo pessoal do ex-presidente. Eles julgaram habeas corpus impetrados pelos réus. Temer está preso na sede do Comando de Policiamento de Choque da PM, em SP. Eles serão soltos, mas estão proibidos de manter contato com outros investigados, de mudar de endereço ou se ausentar do País, seguem com os bens bloqueados e obrigados a entregar o passaporte à PF.

HORAH – Você sabe tudo