Deu em nada – TJ JULGA ARQUIVAMENTO DE INVESTIGAÇÃO DE DENÚNCIA ANÔNIMA CONTRA DANIEL

Denúncia anônima era de 'caixa 2' para 'comprar' vereadores da Câmara: arquivamento (FOTO: Divulgação)

O Tribunal de Justiça (TJ) promoverá a homologação de arquivamento de investigação sobre possível crime de caixa 2 no governo Daniel Alonso, destinado a criar ‘mensalinho’ para vereadores da base aliada, na Câmara. O julgamento está marcado para 4ª feira (12) e tem parecer pelo arquivamento tanto da polícia quanto do Ministério Público.

O Procedimento Investigatório Criminal (PIC) foi instaurado após denúncia anônima ao Gaeco Bauru, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, e não chegou a ser transformado em processo. A investigação foi aberta em 2018 e o caso foi ao TJ em maio deste ano, já com pedido de arquivamento.

A Câmara de Marília divulgou nota rechaçando informações não verdadeiras publicadas nas redes sociais. Nela, afirma que não haverá julgamento de crime praticado por agente político e que o arquivamento foi solicitado por “absoluta carência probatória” – ou seja, ausência de provas. Ao HORAH, a defesa do prefeito Daniel Alonso informou que não chegou sequer a existir intimação para prestar depoimento.

HORAH – Você sabe das coisas