Difícil – NO PREJUÍZO, DONOS DE RESTAURANTES E MÚSICOS PROTESTAM NA PREFEITURA

Protesto está marcado para a Praça das Cerejeiras, onde está a Prefeitura de Bauru (FOTO: Reprodução)

Os protestos pela reabertura econômica são ampliados em Bauru, com representantes do setor da alimentação (bares, restaurantes, lanchonetes e pizzarias) e dos músicos. Será em frente ao Palácio das Cerejeiras, sede do Executivo municipal, área central da cidade, na manhã desta 2ª feira (29). Todos reclamam das dificuldades econômicas que enfrentam pela longa quarentena do coronavírus que fechou esses estabelecimentos.

Organizadores garantem que será um ato pacífico, com distanciamento entre os manifestantes e uso de máscaras. O setor chegou a reabrir em 1º de junho, mas tiveram de fechar novamente para o público dia 24, após rebaixamento da cidade na classificação do Plano SP – a região de Bauru foi incluída na faixa mais restritiva do plano de reabertura econômica, que é a ‘Vermelha’. Agora, só podem atender nos sistemas drive thru e delivery – músicos não têm como atuar.

Os organizadores do protesto afirmam que não querem prejudicar ninguém e que há um programa de reabertura consciente e responsável apresentado ao Poder Público. Eles se comprometem a manter o distanciamento das mesas em locais com circulação natural de ar, obrigar o uso de máscaras por clientes na chegada aos estabelecimentos, saída e idas ao banheiro, e até propõem usar medidores de temperatura na recepção – quem estiver febril, não entra.

HORAH – Você bem informado