Indefinido – RAFAEL NÃO PUBLICA DECRETO LIBERANDO RESTAURANTES; ‘FICOU PARA AMANHÃ’, DIZ SETOR

Fechados há 90 dias, restaurantes, churrascarias, bares e lanchonetes estão quebrando, alertam comerciantes do setor (FOTO: Reprodução)

Representantes de bares e restaurantes aguardaram ansiosamente pelo decreto do prefeito Rafael Agostini flexibilizando a quarentena de 90 dias nesses estabelecimentos, mas o documento não saiu. “Nos informaram que está tudo certo, mas só vai sair amanhã de manhã”, comentou Nilson Ullrich, dono de churrascaria que lidera o movimento pró-reabertura do setor da alimentação em Jaú.

Nilson vai esperar um pouco mais, até amanhã cedo; se decreto não sair, setor de restaurantes deve organizar protesto (FOTO: Reprodução)

Anteriormente, a categoria afirmou que se o decreto não saísse nesta 2ª feira (22), retomaria a organização de protesto contra a quarentena e pela igualdade de oportunidades com outros setores econômicos que voltaram a funcionar há tempos. “Vamos esperar amanhã cedo para ver o que vai acontecer”, ponderou Nilson, confiante que o setor será atendido. “Ainda não temos detalhes”, pontuou, o que também contraria o combinado semana passada, que era passar uma minuta do decreto para a categoria analisar e opinar.

Academias, que igualmente nutriam esperança de voltar à atividade o quanto antes, e igrejas e clubes deverão ficar de fora desse novo decreto. Salões de beleza e barbearias devem seguir o mesmo que for definido para bares, pizzarias e restaurantes, apesar de serem proibidos para cidades classificadas na Fase 2, como Jaú, que foi rebaixada da Fase 3, mais permissiva.

HORAH – Você bem informado