Prefeitos de Jaú, Bariri e Itaju são notificados pelo TCE após operação do GAECO

TCE notificou prefeito de Jaú, Jorge Ivan Cassaro, para dar explicações (FOTO: Reprodução web)

Os prefeitos de Jaú, Bariri e Itaju foram notificados formalmente pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) para apresentar em 5 dias úteis todas as informações detalhadas sobre licitações realizadas para contratação de serviços de limpeza pública ou semelhantes. O mesmo foi feito em relação à prefeitura de Limeira. Todas essas cidades foram alvo de operação conjunta da Polícia Civil e dos promotores do GAECO, que investigam fraudes em licitações.

Concentração de policiais em frente à prefeitura de Bariri, em apoio ao Gaeco no dia 8: buscas e apreensões (FOTO: Noticiantes Bariri/Reprodução)

O despacho do conselheiro de contas Dimas Ramalho com as notificações foi publicado na 2.a feira (21). Ele é o responsável pela relatoria das contas anuais dessas prefeituras. Ele cita “diligências que ocorreram nos municípios de Jaú, Bariri, Itaju e Limeira” e solicita relação de todos os processos referentes a licitações de limpeza pública; eventual análise do Controle Interno de cada prefeitura sobre a questão; cópias de todos os documentos relativos a despesas com a contratação de serviços nessa área; e se foram abertas sindicâncias ou processos administrativos para apurar possíveis irregularidades.

Após a operação feita no dia 8, as investigações seguem agora exclusivamente nas mãos do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público. Duas pessoas já estão presas: o dono da Latina Ambiental, empresa de Limeira que ganhou licitação e presta serviços de limpeza em Bariri, e um capitão da PM que teria sido contratado por ele para agredir e ameaçar empresário da cidade que estava denunciando fraudes na licitação.

HORAH – Informação é tudo