Todos juntos – SANTA CASA LANÇA CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO PARA PAGAR RESPIRADORES

Novos respiradores foram comprados para garantir mais leitos de UTI preparados para pacientes com coronavírus na Santa Casa de Jaú (FOTO: Ilustrativa/Reprodução)

A Santa Casa de Jaú lançou campanha para arrecadar doações em conta bancária para ajudar a pagar novos 10 respiradores pulmonares adquiridos pelo hospital há 20 dias e que são aguardados ainda esta semana. Com acessórios complementares, cada um deles saiu a R$ 85,5 mil, perfazendo R$ 855 mil, compra dividida em 3 pagamentos: 30, 60 e 90 dias. Doações devem ser destinadas à agência 0030 do Banco Santander, conta corrente 13.000.862-1, CNPJ 50.753.631/0001-50 em nome da Irmandade de Misericórdia do Jahu.

Júnior Bernardi se antecipou, fez a encomenda dos novos respiradores e hospital vai paga-los em 3 vezes: campanha de arrecadação em curso (FOTO: Arquivo Pessoal)

“Não podíamos ficar sem comprar mais esses ventiladores pulmonares, mas agora é preciso pagar a conta, por isso lançamos essa campanha e esperamos que a população de Jaú e região nos ajude”, justificou o provedor Alcides Bernardi Júnior. Ele disse que assim que iniciou a campanha e a distribuiu nas redes sociais, um empresário jauense “que sempre coopera com o hospital, fez uma doação de R$ 10 mil”.

PREÇOS DISPARARAM – Além dos novos respiradores que vão equipar leitos extras de UTI preparados para atender pacientes com coronavírus, a Santa Casa ainda precisa de equipamentos de proteção, como luvas e máscaras. Em janeiro a instituição pagou menos de R$ 2 cada máscara, em fevereiro foi a R$ 20 e, recentemente, a R$ 60. “Estamos importando 5 mil máscaras da China, que foi onde encontramos, em torno de R$ 18 cada uma, porque não tem no mercado nacional”, explicou o provedor.

MAIS LEITOS – Júnior Bernardi, como é conhecido, disse que semana que vem espera por em funcionamento novos leitos de UTI no 1º andar, “um espaço novo, moderno”, e, no andar de cima, “transferimos os pacientes com AVC para outra área e reservamos uma ala só para suspeitos ou pacientes com coronavírus”. Ele acredita que a Santa Casa está preparada para passar essa fase crítica da pandemia, com 62 respiradores já existentes, mas que servem a todos os setores do hospital, e com suspensão das cirurgias eletivas, o que diminuiu o movimento de pacientes e ocupação de leitos na instituição.

HORAH – Você bem informado, sempre